Home / Notícias / Vereadores se reúnem com secretário de Obras para discutir metodologia de trabalho que resolva problemas de alagamento devido às chuvas

Vereadores se reúnem com secretário de Obras para discutir metodologia de trabalho que resolva problemas de alagamento devido às chuvas

“Juntos somos mais fortes”. Frase do vereador Ratko, que endossa o discurso de posse do presidente da Câmara, Almires Bughay Filho

 

É nessa linha de pensamento que os vereadores deste novo mandato têm procurado trabalhar. Aproveitando-se dessa ideia de fiscalizar e ajudar o município como um todo, foi realizada na tarde desta terça-feira (24), às 13h30, na Secretaria de Obras, em São Cristóvão, uma reunião com o secretário e coordenador do setor, Fábio Benghi e Alexandro Silva, respectivamente.

Além do presidente da Câmara, Almires Bughay Filho, estiveram presentes, os vereadores, Joarez Tica, Diego Santos, Ricardo Sass, Jair Brugnagno e as vereadoras, Alandra Roveda e Sandra Pinheiro.

O assunto que pautou a reunião foi a questão dos alagamentos que têm prejudicado o município nos últimos dias devidos às constantes chuvas, tanto na parte central, quanto nos bairros.

Vereadores procuraram o secretário para saber qual é o envolvimento da secretaria diante desses problemas e o que ela pode fazer para solucioná-los, pois há reclamações de moradores de que a água invade residências devido ao desnivelamento das ruas e o modelo de tubulação.

Benghi, explica que a principal dificuldade encontrada neste início de 2017 está em relação à Sanepar, uma vez que obras como tubulação, são realizadas por uma empreiteira que é contratada da empresa. “Uma das dificuldades é em relação aos trabalhos da empreiteira contratada pela Sanepar. Materiais têm sido deixados nas calçadas, nas ruas, e quando chove, as bocas de lobo entopem e não há como a água escoar, esse é um dos problemas”, aponta o secretário.

Indagado sobre quem seria então o responsável pela fiscalização do trabalho que é feito pela Sanepar, Silva, atribuiu a responsabilidade de fiscalização e acompanhamento à empresa, mas que a Secretaria de Obras está atenta às reclamações da população, e que desde semana passada tem trabalhado na parte de correção de ruas, limpeza de bueiros, patrolamento e cascalhamento. “Quem tiver esse tipo de problema, pode entrar em contato com a gente pelo telefone, 3524-2069, que de imediato vamos notificar a Sanepar para que ela faça os procedimentos necessários, e o que for de nossa responsabilidade, vamos procurar resolver”, argumenta.

O coordenador explica que será feito nos próximos dias, pela Secretaria, o trabalho de topografia pelas ruas da cidade e posteriormente a isso, será tomada uma decisão com mais propriedade sobre o que será feito para resolver essa questão dos alagamentos das ruas. “Ruas que são novas, que foram aterradas, asfaltadas ou empedradas, ficaram com um nível mais alto do que as casas, também por isso temos essas inundações. Estamos tentando vislumbrar um método que resolva essa situação”, avalia.

Como a demanda é grande, o coordenador pediu calma à população, e que na medida do possível todos os bairros serão atendidos a partir da urgência dos casos e de um cronograma.

O secretário, Benghi, informou que amanhã (25), haverá uma reunião entre a Secretaria, gerência da Sanepar de Ponta Grossa, gerência da Sanepar de União da Vitória, engenheiros da Sanepar e engenheiros da empreiteira para que as atividades de cada órgão sejam executadas com mais rigor e gerenciamento.

Após a reunião na Secretaria de Obras, os vereadores visitaram algumas casas no bairro São Bráz e conversaram com moradores que fortaleceram o discurso de que há tempo as inundações têm trazido estragos e prejuízos para inúmeras pessoas daquela localidade.

 

Deiwerson Damasceno dos Santos – Assessoria de Comunicação e Cerimonial

Veja Também

Instituto SIM é declarado de Utilidade Pública em União da Vitória

A Câmara de Vereadores de União da Vitória esteve reunida em sessão plenária da noite …