Portal de Notícias

Câmara Municipal de União da Vitória

Home / Notícias / 12ª SESSÃO ORDINÁRIA – VEREADORES MANIFESTAM-SE A RESPEITO DE FAKE NEWS

12ª SESSÃO ORDINÁRIA – VEREADORES MANIFESTAM-SE A RESPEITO DE FAKE NEWS

As Indicações ficaram por conta dos Vereadores Anderson Cripa Luis Cardoso (PROS), que pediu a remoção dos destroços do centro comunitário no Bairro Monte Castelo; Alex de Anastácio (PSD) solicitou construção de ciclovia em via no Distrito de São Cristóvão; e manutenção da sinalização em via do Bairro Panorama.

O Grande Expediente foi utilizado pelo Vereador Alex de Anastácio que teve como razão de seu discurso claramente insurgente e revoltado, a injustiça que, segundo o mesmo, vem sendo disseminada através de fake news em redes sociais contra ele próprio e demais EDIS. Alex de Anastácio referiu-se aos seus eleitores e munícipes em geral que acompanharam a exposição de materiais, discorrendo que foi vítima de articulação. Segundo o vereador, o mesmo não possui ou responde ação criminosa, e salientou que quem o acusa sim, possui extrema ficha criminal com condenações, cumprimento de execução de pena e responde diversos processos criminais. O Vereador inclusive mostrou papéis na Tribuna que, segundo o mesmo, tratava-se da relação de processos que o autor responde e publica as fake news, segundo Alex. O Vereador Alex mostrou ainda, o Boletim de Ocorrência que registrou na presente semana, envolvendo seu nome em calúnia, crimes contra pessoa e difamação; e para que os fatos colocados em redes sociais sejam apresentadas provas. O Vereador mencionou que o mesmo que expôs o material em rede social nunca contribuiu colaborando de fato com o Município, nem mesmo quando ocupou cargo na Casa que hoje insulta, pois, segundo ele, teve a oportunidade de fazer a diferença e não o fez.

Anderson Cripa Luis Cardoso também fez uso do Grande Expediente, citou eventos sociais do Município e parabenizou o Vereador Alex de Anastácio pelo discurso. O Vereador Anderson citou as injustiças que os Vereadores vêm sofrendo para denegrir suas imagens, que segundo ele, partem de pessoas que nunca realizaram algum projeto social ou algo para somar ao município. Pediu a atenção da população em relação a fonte das informações e pedidos para espalhar esse tipo de notícias. O Vereador salientou que foi eleito sem compra de votos, doação de cesta básica ou xixadas. E repetiu que, quem os difama é alvo de diversos processos, comentado também pelo Vereador Alex. Anderson ainda comentou a necessidade de fazer a defesa para trazer a verdade e não prevalecer a mentira.

Foram aprovados por unanimidade: em Votação única Projeto de Resolução 3/2023 que regulamenta no âmbito do poder legislativo de União da Vitória, a Lei Federal n.o 14.133 de 01 de abril de 2021 (nova lei de licitações);  em 1.a discussão o Projeto de Lei 8/2023 que dispõe sobre o uso de vagas de estacionamento público por mulheres gestantes ou com crianças de até 2 anos de idade; e 12/2023 que declara de utilidade pública municipal a Banda Marcial União da Vitória (BAMUV).

Os Requerimentos ficaram por conta dos Vereadores Alex de Anastácio (PSD) para que os prédios e ambientes públicos possam fazer referência a cor laranja pelo Dia Nacional ao Combate ao Abuso e Exploração Sexual; e Júlio Adilson Pires Filho (PP) que solicitou a instalação de postes e hastes em vias do Bairro São Basílio Magno.

A Moção acolhida por unanimidade foi de aplausos pelo dia do assistente social.

O Pequeno Expediente foi utilizado pelos Vereadores Alandra Roveda Grando (PL), Alex de Anastácio (PSD), Anderson Cardoso (PROS), André Cristiano Henik (SDD), Clodoaldo Goetz (PV), Emerson Lourenço Litwinski (AGIR), Júlio Adilson Pires Filho (PP), Thays Bieberbach (PT) e Valdecir José Ratko (UNIÃO). Os assuntos mais comentados foram relativos a melhorias no urbanismo da Cidade. O Vereador Pires Filho agradeceu ao atendimento de sua indicação, ao Prefeito Bachir Abbas e Deputado Hussein pelo início das obras que iniciaram na Ponte do Arco sentido Bairro Dona Mercedes. Clodoaldo apoiou as palavras do Vereador Pires. O Vereador Emerson Lourenço, em sua fala questionou o destino de uma verba de 18 milhões na gestão anterior ao que o Vereador Clodoaldo o respondeu, lembrando que Emerson fez parte daquela gestão como coordenador de esportes, que faz as indagações sobre onde está o dinheiro, sendo que o mesmo está todo demonstrado no Portal da Transparência, que o mesmo que acusa pode pesquisar, a fonte e aplicação. O Vereador Clodoaldo ainda disse que o destino de todas as obras foram licitadas e entregues de acordo com a lei e o dinheiro foi todo gasto em obras para o município, conforme consta no Portal da Transparência. O Presidente Valdecir José Ratko falou sobre diversas melhorias necessárias na sinalização e urbanismo no Município; os 93 novos policiais que estão ingressando na região, o que resultará em mais segurança ao Município.

Manoela de Paula e Souza
Assessora de Comunicação – Câmara Municipal de União da Vitória

 

Veja Também

CÂMARA DE VEREADORES REPROVA CONTAS DO EXECUTIVO DE 2019

As Indicações foram de autoria dos Vereadores: Anderson Cripa Luis Cardoso (PROS) para inclusão de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *