Portal de Notícias

Câmara Municipal de União da Vitória

Home / Notícias / 1ª SESSÃO ORDINÁRIA 2024

1ª SESSÃO ORDINÁRIA 2024

1.a SESSÃO ORDINÁRIA 2024

A 1.a Sessão Ordinária contou com a presença de todos os Vereadores da Casa Legislativa de União da Vitória, e teve as Indicações por iniciativa dos EDIS: Júlio Adilson Pires Filho (PP), que indicou a necessidade de medidas urgentes para resolver o problema crescente por animais soltos, especialmente cães em vias do Município, causando ataques com até mesmo casos de óbito. Pires Filho junto ao Presidente da casa legislativa, Valdecir José Ratko (UNIÃO), solicitaram a elaboração de um plano de educação e comunicação estratégica para coleta adequada de lixo no Município. José Gilso Lenczuk (PL) solicitou a instalação de faixa elevada em via do Bairro São Bráz e melhorias na Rua José Pioli. Alex de Anastácio (PSD) solicitou o Programa Cão Comunitário tornando lei municipal e a implantação nas unidades básicas de saúde da caderneta da pessoa idosa. Clodoaldo Cleverson Goetz (PV) pediu atenção especial a obra de estabilização inacabada no acesso a Ponte do Arco, onde o morro tornou-se propenso a desmoronamento, para que o poder público realize estudo e avalie a viabilidade de redirecionamento de tráfego proporcionando uma rota mais segura a fim de garantir a segurança da população que utiliza a via. Waldir Luiz Cortellini solicitou manutenção de via do Bairro São Sebastião.

O Vereador Alex de Anastácio (PSD) utilizou a palavra no grande expediente com o objetivo de enaltecer o trabalho desenvolvido pelo CTG, a quem propôs a moção de apalusos durante a Sessão.

Os requerimentos foram de iniciativa dos Vereadores: Júlio Adilson Pires Filho (PP) e Valdecir José Ratko (UNIÃO) para que seja realizada a contratação de serviços de limpeza e manutenção de urbanismo em locais públicos do Município, especialmente nas áreas de lazer. Clodoaldo Cleverson Goetz (PV) solicitou ao Poder Executivo a iniciativa em relação as empresas que prestam serviços para Sanepar, solicitando a solução em irregularidades, como a falta de sinalização nos pontos onde houve intervenção com restos de materiais e atrasos em obras. Alex de Anastácio (PSD) solicitou um ônibus adaptado para atendimento médido odontológico para o Programa de Atendimento no interior. Diversos vereadores comentaram os requerimentos apresentados e os aprovaram em unanimidade.

As Moções de aplausos foram de iniciativa dos Vereadores: Júlio Adilson Pires Filho (PP) que propôs a homenagem ao Grupo Fortaleza que completou 40 anos de dedicação ao esporte e futebol local; José Gilso Lenczuk (PL) propôs a homenagem ao peão Claudinei Donizete Plasse, membro valoroso do Movimento Tradicionalista do Estado do Paraná, que desde 2016 coleciona vitórias em concursos culturais da Tradição Gaúcha e em novembro conquisotu o 1.o lugar na categoria de Peão Veterano no 19.o Concurso Nacional de prendas e Peões da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha (CBTG) assumindo a gestão juto aos seus pares 2022/2024 de Prendas e Peões constituindo a Invernada Cultural. Alex de Anastácio (PSD) propôs a moção de louvor destinada à nova patronagem do CTG Fronteira da Amizade gestão 2024/2025, em reconhecimento aos feitos e contribuição inestimável para a preservação e propagação da rica cultura gaúcha.

A moção de pesar foi pelo falecimento do Sr. Dago Alfredo Whoel ocorrido em 26 de dezembro de 2023. Na ocasião da leitura da moção, o primeiro secretário André Cristiano Henik (SDD) falou sobre a vida de dedicação do jornalista, administrador de empresas, presidente da SEC CORPRERI, idealizador do Parque Histórico Iguassu, amigo, entusiasta, estudioso em filosofia, comércio exterior, professor irreverente e inspiração para tantas pessoas. Dago foi membro da ALVI, Academia de Letras do Vale do Iguaçu, presidiu a Casa dos Estudantes Luteranos, fez diversas contribuições para o escotismo, maçonaria, clubes, associações, sindicatos, conselhos do turismo de Porto União da Vitória e criou o Capitão Dago, que navegava e mostrava as belezas do Rio Iguaçu. Dago pesquisou, estudou, contratou e buscou incansalvelmente alternativas e recursos por mais de 40 anos para a solução das enchentes do Rio Iguaçu. Junto a SEC CORPRERI, fundada através de sua iniciativa, buscou soluções com o objetivo único de colaborar com a população de União da Vitória e região de forma idealista, entusiasta e empática a fim de minimizar os efeitos das enchentes nas Gêmeas do Iguaçu. Exemplo de força e coragem, mesmo diante das dificuldades de saúde, partiu estudando e acreditando em algo a ser feito para melhorar a qualidade de vida da população de União da Vitória diante do probema da enchente, de forma abnegada. Dago comparecia, mesmo doente, nas reuniões do Plano Diretor do Município na Câmara de Vereadores de União da Vitória, onde, diversas anotações eram feitas por ele e deixadas nas mãos da esposa, agora viúva, grande companheira e apoiadora de sonhos de Dago, Joana Przysiezny. Dago chegou a agendar seu discurso na audiência pública realizada pela Câmara de Vereadores de União da Vitória, porém, infelizmente seu quadro de saúde o levou ao hospital e não conseguiu comparecer. Dago solicitou ao mestre em hidrologia e engenheiro, Giancarlo Castanharo, avaliador do estudo junto à Dago, das mais de 26 possibilidades para a tentativa de solução das enchentes do Rio Iguaçu, estudo este que encontra-se hoje em avaliação pelo IAT. Familiares estiveram presentes e receberam a moção de pesar.

A palavra no Pequeno Expediente foi utilizado pelos Vereadores Clodoaldo Ceverson Goetz (PV), Ricardo Adriano Sass (PP), José Gilso Lenczuk (PL), Alex de Anastácio (PSD), Anderson Cripa Luis Cardoso (PROS), André Cristiano Henik (SDD), Emerson Lourenço Litwinski (AGIR) e Waldir Luiz Cortellini (PSB).

Manoela de Paula e Souza
Assessora de Comunicação e Cerimonial
Câmara Municipal de União da Vitória

 

Veja Também

39ª SESSÃO ORDINÁRIA – ATENÇÃO – DENGUE MATA, FAÇA SUA PARTE!

O Vereador Ricardo Adriano Sass, enviou justificativa que não pode comparecer durante os trabalhos da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *