Portal de Notícias

Câmara Municipal de União da Vitória

Home / Notícias / 9ª SESSÃO ORDINÁRIA

9ª SESSÃO ORDINÁRIA

Na noite desta segunda-feira, 8 de abril, aconteceu a 9.a Sessão Ordinária que contou com a presença dos Vereadores eleitos José Pedro Walck (PSD) e Corodvan Frederico de Melo Neto (PP) que retornaram ao legislativo na última semana.

As Indicações foram de autoria dos Vereadores Ednilson de Godoy (PV) que solicitou recape asfáltico e alteração no sentido do trânsito da Rua Carlota Pioli no Bairro Rio da Areia. Cordovan Frederico de Melo Neto (PP) pediu para ser feita a desobstrução de bueiros em via do Bairro São Joaquim e José Pedro Walck (PSD) solicitou vaga rápida para estacionamento na Avenida Manoel Ribas.

Quem utlizou a palavra no Grande Expediente foi o Vereador Cordovan Frederico de Melo Neto. Corodovan Neto esteve afastado do legislativo por 1 ano e 3 meses e agradeceu a confiança nele depositada enquanto assumiu a Secretaria Municipal de Esporte. O Vereador Cordovan Neto salientou sua dedicação máxima ao esporte local em todas as modalidades, desde o xadrez, que tem caráter mais intelectual, até as atividades esportivas físicas e associações como ferramenta social. Segundo o ex secretáiro de esporte, esta é uma das formas mais baratas e viáveis para combater a depressão, alimentando sonhos de crianças e adolescentes, tirando o indivíduo das drogas, ensinando a coerência e ponderação através do ganhar, perder e como lidar com dificuldades.

Os Projetos de Lei aprovados em votação única foram:

  • Em votação única foi aprovada a Emenda n.o 2 do Projeto de Lei 5/2024 que altera o texto do artigo 1.o do Projeto de Lei n.o 05/2024.

  • Em votação única o PL 5/2024 que define o limite de reserva da faixa não edificável ao longo das rodovias que atravessem o perímetro urbano ou área urbanizada passível de ser iuncluída em perímetro urbano.

  • Com votos contrários dos Vereadores Thays Bieberbach (PT), Alandra Roveda Grando (PL), Celso Carlos Rocha (MDB) e Emerson Lourenço Litwinski (AGIR) foi aprovado em votação única o PL 3/2024 que autoriza o Executivo Municipal a abrir crédito adicional especial no orçamento geral do exercício financeiro de 2024.

  • Com os votos contrários dos Vereadores Alandra Roveda Grando (PL), Thays Bieberbach (PT), Celso Carlos Rocha (MDB) e Emerson Lourenço Litwisnki (AGIR) PL 4/2024, que dispõe sobre crédito adicional especial com recursos de superávit financeiro.

    Em 2.a discussão, foram aprovados por unanimidade:

  • PL 1/2024, que institui em União da Vitória o Programa “Protocolo Violeta” com o objetivo de prevenir e combater a violência e a importunação sexual nos estabelecimentos especificados.

  • PL 3/2024, que institui o Programa de Plantio de Árvores nativas e frutíferas em comemoração ao aniversário do Município”.

Os Requerimentos acolhidos por unanimidade pelos EDIS foram de autoria dos Vereadores Thays Bieberbach (PT) e Ednilson de Godoy (PV) que solicitaram informações relacionadas à professores auxilioares e cursos de capacitação realizados. Os Vereadores Alandra, Thays, Godoy e Anderson comentaram o requerimento falando sobre o cuidado necessário com alunos nas escolas municipais.

O Vereador Júlio Adilson Pires Filho (PP) propôs o requerimento destinado ao Executivo Municipal, para oficiar os órgãos competentes em relação a situação atual do morro próximo à Ponte Manoel Ribas. Este foi um dos assuntos mais debatidos durante a 9ª Sessão Ordinária. Os Vereadores discutiram bastante apoiando o requerimento, o Vereador Emerson Lourenço Litwinski (AGIR) iniciou a discussão frisando que a situação é anterior à este mandato, Thays Bieberbach (PT) responsabilizou o Governo do Estado sugerindo a mobilização de forças políticas dentro do problema, exemplificando a queda da estrada no período da enchente. José Pedro Walck ressaltou que o Projeto foi feito de forma errada pelo Estado e que o mesmo deve ser cobrado de forma imediata para execução. Cordovan Neto referiu-se a execução da obra no período da enchente com a participação da sociedade, através de verba do governo federal, mas com o empenho de empresários locais, formando uma força-tarefa para a solução, referindo-se ao sucesso como fruto de diálogo entre todos e ainda sugeriu a mesma linha, ouvir os empresários locais para não acontecer o mesmo que já aconteceu anteriormente, com a empresa contratada largando execução da obra pela metade. Alandra Roveda (PL) e Anderson Cardodo (PROS) também comentaram apoiando o requerimento de autoria de Pires Filho, que salientou a situação de perigo que encontram-se a 476 e a situação do morro na lateral da Ponte do Arco, pedindo a colaboração dos vereadores, para que solicitem apoio aos deputados estaduais próximos na solução do requerimento, o qual o mesmo Vereador Pires já havia reveindicado anteriormente junto à Casa de Leis, e que segundo ele, não é uma causa de sua exclusividade, e sim da população.

A moção de pesar foi pelo falecimento do Sr. Álvaro Schwegler, engenheiro civil, empresário e exemplo de profissional visionário, que trabalhou junto ao crescimento local gerando emprego e renda para a população. A moção de louvor foi destinada à Associação Autismo sem Barreiras em reconhecimento e gratidão pelos notáveis esforços em prol da comunidade autista em União da Vitória.

Os Vereadores que utilizaram a palavra livre foram: Alandra Roveda, Anderson Cardoso, Cordovan Neto, Ednilson de Godoy, José Pedro, Thays Bieberbach e Waldir Cortellini. O Presidente Ratko finalizou a Sessão cumprimentando as presentes das Instituições, Rede Feminina de Combate ao Câncer e Autismo sem Barreiras falando sobre a importância do trabalho voluntário que faz a diferença em União da Vitória.

Manoela de Paula e Souza
Assessora de Comunicação
Câmara Municipal de União da Vitória

 

 

 

Veja Também

16ª SESSÃO ORDINÁRIA

As indicações ficaram por conta dos Vereadores: André Cristiano Henik (DC), que solicitou a manutenção …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *